terça-feira, 17 de maio de 2011

A minha "redassão" do ENEM

Há várias semanas venho anotando pérolas de alunos, e resolvi montar um texto, reunindo cada um deles. É claro que não vou revelar quem foi o "inguinorante" que escreveu essas besteiras, mas isso não é algo que possa passar em branco.


"O consumismo é intrícico ao brasileiro". (Quer escrever bonito?? OLHA NO DICIONÁRIO ENTÃO, #%&)!


"O ato de viver é algo que não para nunca. Por isso, estamos sempre nesse ciclo intermitente. (Outro caso de quem quer escrever bonito e se f***).


"O Brasil é composto por todas as raças, várias etnias e diversos sexos." (O que mais me impressiona nessa frase genial é a facilidade com que a pessoa conseguiu escrever tanta m**** com tão poucas letras).

"A população acaba comprando produtos supérfogos." (Não entendi).


" A droga causa vícil". (É, esse vício causado pela droga é tão devastador que nem a palavra pode ser escrita corretamente).


"Os preconceituosos, para aprender, têm que sofrer preconceito." (Chuta os direitos humanos pra pqp).


" Os professores têm que obedecer o aluno e dar nota máxima para ele, mesmo que ele não tenha nem chegado na média." (Ops, acho que ele esqueceu que quem corrige o texto dele é um PROFESSOR).


Eu sofro né.... Como diz a Cleycianne, ÊTA DEUS!

1 comentários:

Thiago disse...

O ato de viver é algo que não para nunca. Por isso, estamos sempre nesse ciclo intermitente.

Atóron esses filósofos-de-redação...

19 de maio de 2011 14:52

Postar um comentário